Pessoas que me prestigiam!!!

quarta-feira, 3 de dezembro de 2014

TENTANDO ME ENCAIXAR !!!

" O caminho que escolhi é o do amor. Não importa as dores, as angústias, nem as decepções que vou ter que encarar. Escolhi ser verdadeira. No meu caminho, o abraço é apertado, o aperto de mão é sincero. Por isso, não estranhe a minha maneira de sorrir e de te desejar tanto bem. Eu sou aquela pessoa que acredita no bem, que vive no bem e que anseia o bem. É assim que eu enxergo a vida e é assim que eu acredito que vale a pena viver."  (Clarice Lispector)

Durante toda minha vida tentei trilhar um caminho que me desse segurança, autoafirmação e confiança para desenvolver meus dons e talentos.
Até os 20 anos eu não sabia nada, pois estava enclausurado nos conceitos e temores de minha mãe. Buscava respostas de algo que eu nem supunha existir. Só me lembro de ficar horas em frente ao mar, contemplando o horizonte com mil questionamentos povoando minha mente.
A partir do momento em que saí de casa aos 21 anos, totalmente cru e inexperiente, comecei a colocar em pratica institivamente meu anseio por encontrar respostas. Logo de início me inseri num contexto de vida, adverso ao qual havia sido criado. Eu diria que foi minha primeira tentativa na busca da tal felicidade. Conheci pessoas incríveis dispostas a me ajudar e orientar. Nessa fase eu adquiri habilidades que até então nunca havia exercitado. Conviver com pares diferentes me trouxe coragem para tentar e arriscar. Nem imaginava que estava dando passos muito rápidos na direção de algo que gritava escandalosamente dentro de mim! O inevitável estava por vir...
A cada nova vivência, mas anseios e desejos de descobrir onde aquilo iria me levar. E foi assim, me questionando, me lançando com destemor e ousadia que sempre me deparava com uma experiência inédita. Fazendo uma reflexão sobre isso, sou levado a pensar que eu vivia sendo levado pelo vento, de um lado para o outro, sem saber onde iria chegar!
No auge dos anos 80 eu experimentei de tudo um pouco, só pelo simples fato de adquirir experiência e amadurecimento. Eu queria crescer de qualquer jeito e me transformar em alguém especial. Em todas as situações que me meti, consegui sair ileso, sem nenhum arranhão. Não fiz mal à ninguém, mas magoei pessoas que nutriam por mim um sentimento que eu não conseguia retribuir. Isso ocorreu com minha mãe, com alguns parceiros e até com alguns amigos. Todos estes ficaram no passado. As lições aprendidas estão encarnadas em todo meu ser!
Hoje compreendo que em todos os meus relacionamentos, tentava me moldar do jeito que agradasse da forma como o outro queria que eu fosse e não do jeito que eu era. E cada vez que tentava, até conseguia por um determinado período de tempo; mas logo depois me entediava era como se estivesse dentro de uma roupa apertada. Então tentava me desvencilhar até conseguir sair daquela situação e mudava de direção.
O mudar de direção, incluía mudar literalmente de lugar, de cidade ou de região. Assim eu seguia meu caminho até que minha trajetória que me trouxe até aqui.

A verdade é que se há alguém que tentou se encaixar em inúmeras roupagens, este fui eu. Também tentei me enquadrar em conceitos religiosos que depois me tornaram um cético em relação à qualquer religião! As experiências nesta área dissertaria em muitas páginas, no entanto, prefiro hoje estar em paz comigo mesmo e com o Ser Superior que eu chamo de Deus e Pai!
Inevitavelmente por trilhar no caminho do conhecimento interior, o lado profissional ficou deixado à margem, quase à deriva eu diria. Devido as inúmeras mudanças eu apenas trabalhava para me sustentar. Exerci inúmeras funções e competências em diferentes ramos de atividades. O que me fez um camaleão nato, capaz de me transformar a cada novo desafio. Era questão de sobrevivência! As habilidades que possuo se desenvolveram de forma autodidata, sem nenhum esmero. Já nasceram comigo e não foram lapidadas. E toda versatilidade ainda é algo que me faz ser grato ao Universo!

Aliás hoje tento seguir o “mantra da gratidão” da maneira mais simplista e humana possível. Amadurecido consigo me olhar no espelho, dentro dos meus olhos e de minha alma, e ver com serenidade o que tudo isso significou: que cheguei até aqui ileso. Mesmo passando a maior parte da minha vida tentando ser uma pessoa melhor, tentando me encaixar em algo que desse sentido à minha vida e não conseguindo me encaixar em nenhuma; não passei dificuldades maiores ou sofri algum tipo de prejuízo ou doença. Um contraponto: houve muitas perdas nessa trajetória. Em um determinado período, perdi o contato com familiares e amigos que são importantes e hoje estão na minha vida. Por me ausentar de suas vidas, não pude acompanhar e compartilhar os melhores momentos deles. Foi o caminho que escolhi trilhar e não tenho nada do que lamentar ou praguejar! Até porque pegando gancho, no texto de Clarice Lispector como início ao meu, também escolhi o caminho do amor, e quem segue por esse caminho, não deve se permitir lamentações, nem do passado nem do presente, e quem sabe assim exista um preparo melhor para um futuro. 
É o que espero e é no que preciso acreditar.  

<<<<<<<<< R e b e l   H e a r t >>>>>>>       *** M A D O N N A ***